02 março 2015

A Cura Mortal, Maze Runer III (James Dashner)



Hoje eu finalmente vim resenhar pra vocês o último volume da trilogia Maze Runner, do James Dashner. Além dos três livros, o autor também escreveu uma prequel, mas depois posso fazer um post separado falando mais sobre ela, ok?

Autor: James Dashner | Editora: V&R | Páginas: 364
Já fiz a resenha do primeiro e do segundo livro da série, caso vocês queiram ler. Esta resenha aqui não tem spoilers, mas se você ainda não leu os outros e não quer saber nada sobre a história, recomendo não ler o primeiro parágrafo e pular direto pra minha opinião, hehe!



Bom, quando acaba a Prova de Fogo, os clareanos são transportados até a sede da CRUEL, onde supostamente irão receber a cura para o fulgor, como tinha sido prometido à eles. Acontece que, como sempre, nem tudo é o que parece... E nós percebemos isso assim que o livro começa, mostrando que eles não só separaram o Thomas dos outros, como também o trancaram sozinho em um quarto. Mais uma vez, o psicológico dele é posto à prova e, assim que ele é levado para junto dos outros, já descobrimos mais algumas coisas que fazem tudo piorar ainda mais. Eu sinceramente não quero falar muito sobre a história em si, porque senão perde a graça do livro, sabem? Mas garanto que o James Dashner encheu o enredo de reviravoltas e surpresas.

Uma coisa bem diferente nesse livro, é que nós finalmente conseguimos ter uma visão da situação do mundo e da população, já que a história não é focada somente nos clareanos e nos experimentos, o que eu gostei bastante. É um enredo com bastante ação e que te prende. O autor continuou usando a mesma tática de sempre deixar um gancho no final dos capítulos, o que faz com que você não consiga abandonar a leitura, hahahaha.




Bom, eu tenho uma relação de amor e ódio com esse livro. Enquanto eu estava lendo, fui amando e me envolvendo ainda mais com o enredo, mas não sei o que aconteceu com o Thomas! Durante os outros dois livros, eu conseguia entender as escolhas dele e durante toda a trilogia ele foi um protagonista que eu realmente amei, mas no último livro ele fez algumas escolhas que eu não consegui engolir até agora. Não foi uma questão de concordar ou não, mas senti que nesse livro ele estava muito inconsistente e tomando decisões que iam contra o que ele sempre tinha acreditado, sabem? A evolução do Tommy no decorrer dos livros é muito bem trabalhada e inevitável, ainda mais depois de tudo que ele passou, afinal, tinha horas que eu conseguia sentir toda a frustração, irritação e dor que ele sentia, mas o que me decepcionou mesmo foi que ele tomou decisões que prejudicaram outras pessoas, mas no final das contas não arcou com as conseqüências. Nesse livro ele estava muito mais impulsivo e revoltado, o que fez com que, em determinado ponto na história, ele fizesse uma besteira atrás da outra.




O livro em si é muito, muito bom. O enredo é ótimo, a leitura flui bastante e tem várias surpresas que deixam a gente sem ar. Como quase toda distopia, acontecem muitas coisas ruins e, nesse livro em particular, algumas mortes. Não vou dar spoilers, mas já adianto que tem uma morte em específico que acabou comigo. Mesmo sabendo que era inevitável, o modo como aconteceu foi horrível e bem inesperado. Juro que precisei fechar o livro e chorar um pouco pra conseguir continuar, hahahaha.

Eu só gostaria que o Tommy tivesse tomado decisões melhores e que o autor tivesse trabalhado melhor o final, porque senti que ficou muito corrido. Maze Runner tinha todo o potencial do mundo pra ter um final perfeito, mas, na minha opinião, deixou um pouco a desejar nesse quesito, ainda mais comparando com séries distópicas como Divergente, por exemplo, que na minha opinião teve um final sensacional (mesmo sendo triste, haha). Mesmo assim, recomendo muito a trilogia. É com certeza uma das minhas séries preferidas e meu xodózinho, hehe. Se você ainda não leu, corre! O segundo filme já está em fase de pós produção e estréia no segundo semestre deste ano, quero logo, hehe!




"It’s a very old axiom, but do you believe the end can justify the means? When there’s no choice left?"

"He looked down, saw that his hands and legs were shaking, and he suddenly felt freezing cold. 'What have I done?' he mumbled, but the others didn’t say a word." 

Onde vocês me encontram:
                        

01 março 2015

Melhores momentos da semana


Hoje vim inaugurar uma categoria nova do blog! Decidi que vou registrar aqui mais momentos pessoais e coisas legais que acontecem durante a semana ou o mês, por mais simples que sejam. Acho que só da gente poder parar um pouquinho e pensar no lado bom das coisas já deixa nossa vida um pouco mais leve, quem concorda? Olhem só um pouquinho do que rolou na última semana!

1. Parceria com a Companhia das Letras



Já no comecinho da semana, recebi um email que me deixou super feliz! O blog agora também é parceiro da Companhia das Letras e todos os selos do grupo editorial, incluindo as editoras Seguinte, Paralela, Penguin-Companhia e várias outras. Isso significa que vou poder trazer ainda mais resenhas novas e diferentes pra vocês de agora em diante! 

2. Aula de teatro



Segunda feira eu finalmente voltei a fazer aula de teatro! Isso é uma coisa que eu queria fazer há bastante tempo e que estava entre minhas metas de 2015. A primeira aula já foi incrível, super divertida e com muitos exercícios. Também amei a turma e os professores, estou bem animada pra continuar!

3. Livro do Pedro Gabriel 





Quem me acompanha no Instagram (sou officialgabi por lá), deve ter visto que eu participei de uma ação bem legal com o Pedro Gabriel e a editora Intrínseca. Terminei um desenho que ele tinha começado e, além de ter sido eleito um dos preferidos do Pedro lá no site, a arte ainda vai virar caderninhos da editora. Pra me deixar ainda mais feliz, essa semana eu recebi o "Segundo Eu Me Chamo Antônio". Além do livro ser incrível e ter vindo com um kit mega fofo, o Pedro ainda autografou, deixou um recadinho e fez um desenho lindo. Admiro muito o trabalho dele e fiquei super feliz por ter participado de tudo isso. Como não amar? 

4. Um ano de Mr. Folks



Sexta feira a minha loja, a Mr. Folks, completou um ano, YAY! Parece que foi ontem que eu vim aqui contar a novidade pra vocês, né? Estou super feliz por isso e por estar dando tudo certo. Temos vários projetos legais pra 2015, incluindo uma mega novidade com a Mabel do blog Desejo Adolescente. Em breve vocês vão saber de tudo, hihi.

Bom, é isso! Essas foram algumas coisinhas boas que aconteceram durante a semana! Espero que tenham gostado deste post, pretendo fazer vários assim! 


                                                          Onde vocês me encontram:
                        

27 fevereiro 2015

Seriado: How To Get Away With Murder

                            

No post de hoje do E aí Beleza, decidi falar sobre um seriado que eu tenho amado muito nos últimos tempos: How To Get Away With Murder. Listei alguns itens do porquê vale à pena ver essa série e deixei minha opinião por lá! Espero que gostem! 


Pra ler o post completo, é só clicar aqui

Pretendo falar muito mais sobre seriados, tanto lá, quanto aqui e no canal do blog. Inclusive, se tiverem sugestões de tags ou posts, é só me falar! 

                                                Onde vocês me encontram:

                        

20 fevereiro 2015

O que tem de novo: comprinhas e recebidos


Oi geeeente! Hoje é dia de vídeo novo no canal do blog, YAY! Decidi fazer um vídeo mostrando algumas coisinhas que comprei e recebi nos últimos dias. Fazia tempo que não tinha vídeo assim por lá, por isso achei que seria legal gravar, hehe. Espero muito que gostem!

               

E ah, não se esqueçam de inscreverem-se no canal do blog, assim vocês recebem as atualizações por email e antes de virem aqui pro blog! 

                                                        Onde vocês me encontram:
                        

08 fevereiro 2015

Document Your Life: Janeiro 2015




Ano passado eu falei aqui no blog sobre o projeto Document Your Life, que tem como objetivo filmar um pouco da sua vida e fazer um videozinho no final do mês. Pois bem, eu acabei filmando bastante, mas por falta de tempo pra editar, acabei postando só um vídeo do projeto em 2014... Mas 2015 será diferente, hehe! Comecei o ano mega decidida a participar do DYL todo mês!

Pra começar, aqui vai o vídeo de Janeiro de 2015! 

                

                                                        Onde vocês me encontram:
                        

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...